November 11, 2014

Como propaganda deve atrair consumidores?

Hoje, os anúncios são muitas vezes irritantes para quem os recebe, principalmente aqueles que tentam ser interessantes. Isto ocorre porque, na era da nova mídia, há uma transformação no conceito de lealdade do consumidor. Para manter esta lealdade, empresas tentam não desperdiçar tempo, ser realmente úteis e recompensar o consumidor quando necessário.

Isto foi identificado em um estudo recente, conduzido nos Estados Unidos, Reino Unido, Brasil e China pela agência digital Razorfish. Além disso, ela definiu que o consumidor é "alérgico" a propaganda. Não é surpresa que mais da metade dos consumidores nos EUA e Reino Unido e 69% dos consumidores chineses confessam que fariam tudo possível para evitar os anúncios e pré-roll ads no You Tube.

É por isso que para acessar o cliente não é suficiente criar um filme divertido ou  um tweet espirituoso. Consumidores, quando expostos a uma proliferação de canais e plataformas de mídia são mais "sensíveis" a estas ações. 

Cansados de publicidade, consumidores geralmente preferem as marcas úteis do que as marcas interessantes, particularmente na China (88%) e EUA (86%). Consumidores no Brasil (81%) e Reino Unido gostam um pouco mais das marcas interessantes.  Além disso, o estudo mostra que as pessoas querem marcas que façam suas vidas mais fáceis ou que dêem a elas algo de valor em troca.

Por fim, o consumidor não não vai se importar de que "algo de valor em troca" está na mão com a publicidade. Isto é provado pelos números, pois 79% dos consumidores americanos e britânicos e 77% dos consumidores chineses confessam não ter objeção a ver um anúncio em troca de acesso grátis ao conteúdo. Acrescentando ainda que a maioria das pessoas vai procurar marcas que recompensam de alguma forma sua lealdade.